Was ist Windows Sandbox und wie wird es zum Ausführen von Anwendungen verwendet?

O que é o Windows Sandbox e como ele é usado para executar aplicativos

⌛ Reading Time: 4 minutes

Com a atualização do Windows 10 de maio de 2019, a Microsoft introduziu um novo recurso chamado Windows Sandbox. Este artigo descreve o que é realmente o Windows Sandbox e como ativá-lo.

O que é o Windows Sandbox?

O Windows Sandbox é um ambiente virtual temporário, seguro e isolado onde você pode testar softwares novos ou não confiáveis ​​e brincar com outras configurações. A Microsoft tornou isso possível criando um kernel separado em seu próprio hipervisor. Ao abrir a sandbox, você descobrirá que o Windows criou um novo sistema operacional limpo, cuja imagem é gerada diretamente do seu sistema.

Como o kernel do convidado é separado do kernel do host, a sandbox é completamente isolada do sistema operacional real. Não importa o que você faça no Sandbox, todas as alterações são descartadas quando você o fecha. Quando você abre novamente, é uma lousa em branco.

A melhor coisa sobre o Windows Sandbox é que ele é leve (cerca de 100 MB) e rápido.

Claro, quando você compara o Windows Sandbox com uma instalação completa do Windows no Virtual Box ou VMware, ele carece de alguns recursos úteis, como suporte para arrastar e soltar, instantâneos, etc. No entanto, as máquinas virtuais tradicionais são lentas e consomem muitos recursos do sistema e execute uma série de etapas para instalar e configurar corretamente.

Portanto, se você está procurando um ambiente de sandbox simples, rápido, seguro e descartável para testar software ou configurações, o Windows Sandbox é uma escolha muito boa.

Requisitos

Para instalar e usar o Windows Sandbox, seu sistema precisa atender a alguns requisitos.

  1. Primeiro, você deve usar o Windows 10 Pro ou a edição Enterprise com a atualização de maio de 2019 (v1903).
  2. Seu sistema deve ser de 64 bits e oferecer suporte à virtualização de hardware.
  3. Idealmente, seu sistema deve ter pelo menos 4 GB de RAM.
  4. Seu processador deve ter pelo menos dois núcleos. A Microsoft recomenda quatro núcleos com hyper-threading para um desempenho suave.

Depois de confirmar todos esses requisitos, siga as etapas abaixo para instalar o Windows Sandbox.

Instale o Windows Sandbox

A instalação do Windows Sandbox é bastante simples. Tudo o que você precisa fazer é marcar uma única caixa de seleção e pronto.

1. Primeiro, abra o menu Iniciar, pesquise “Ativar ou Desativar Recursos do Windows” e clique no resultado. É aqui que você pode habilitar vários recursos extras, como Windows Sandbox e Hyper-V.

2. Na nova janela de recursos do Windows, role para baixo, encontre a opção “Windows Sandbox”, marque a caixa de seleção e clique no botão “OK”.

3. Assim que você clicar no botão OK, o Windows fará o download de todos os arquivos necessários e aplicará as alterações.

Aplicando as configurações do Windows Sandbox

4. Feito isso, você precisa reiniciar o Windows.

Sandbox do Windows Clique em Reiniciar

5. Após reiniciar, procure Windows Sandbox no menu Iniciar e clique no resultado.

Pesquisa do menu Iniciar do Windows Sandbox

6. O Windows agora iniciará o Sandbox. Ele se parece com a sua máquina Windows normal. Na verdade, você pode até acessar a Internet e todas as configurações.

Sandbox do Windows

7. Quando terminar de usar o Windows Sandbox, basta clicar no ícone X que aparece no canto superior esquerdo. O sandbox mostrará uma mensagem de aviso informando que o estado será descartado após o fechamento do Sandbox. Clique no botão “OK” para continuar.

Sandbox do Windows Clique em Ok

Se você quiser remover ou desabilitar o Windows Sandbox, tudo que você precisa fazer é desmarcar a opção Windows Sandbox na Etapa 2.

Empacotando

O Windows Sandbox é um pequeno recurso bacana que é muito útil para testar novos softwares, configurações e ajustes. Mesmo que você não se veja usando o recurso Windows Sandbox regularmente, recomendo que você o habilite, pois pode ser uma ferramenta útil em caso de crise. Claro, faltam alguns recursos que você obtém ao usar um software de máquina virtual regular, como VMware ou VirtualBox, mas compensa isso com sua facilidade de uso e desempenho rápido.

Comente abaixo compartilhando suas idéias e experiências sobre o uso do Windows Sandbox no Windows 10.

How useful was this post?

Click on a star to rate it!

Average rating 0 / 5. Vote count: 0

No votes so far! Be the first to rate this post.